quarta-feira, 18 de abril de 2007

um dia estranho

Antes de chegar no metro, passo na frente desse tal French Products.
Esse cachorro maligno corre com tudo na minha direção.
Corro dele (dentro do possível, ja que de fato nao corro)
E sou salvo pelo esticar da corrente.
Coração na mão, olho pro lado e quem encontro?
Maria Antonieta.


1 intromissões:

ana disse...

Que surreal!