sexta-feira, 23 de março de 2007

aeschylus

Sexta a noite, continuo sem acentos.
Tempo estranho, crono e meterologico. A primavera chegou e aposto que no proximo raio de sol os novaiorquinos ja estarao de roupas de baixo no gramado mais proximo. A neve quase se foi, casacos grandes ja sao excecao e alguns malucos de camiseta, malucas de saias...
Uma semana e nada aconteceu exatamente como eu gostaria.
Meu velhinho esta bem, mas abalado e vai sofrer intervencoes de risco. Posso contar pouco com ele. Fora isso em um mes a mulher dele vai operar algo tambem. Ele me disse I'm not afraid mas me parece obvio que ele esta um pouco apavorado. Eu por outro lado disfarco minha grande apreensao com os comentarios mais encorajadores que consigo fazer. A essas alturas esse homem eh quase um avo para mim, e tambem um grande amigo.
Almocei com paulinha e senhor no zen palate. Meu prato principal era horrivel (tasty malay) , pareceia um enrolado de temaki de frango vegetariano, argh, os acompanhamentos eram divinos, um rolinho de verao (cozido no vapor), arroz vermelho e brocolis, no delicioso molho do negocio horrivel. E foi um almoco agradavel, Sai satisfeito. na volta pra casa, bem em frente ao restaurante mas ali no union square park, fiz amizade com alguns esquilos. que bicho legal esse ticoeteco. Rapidos como um raio, agitados pelo furor primaveril, comem usando as maozinhas e chegam perto de quem olha pra eles por muito tempo. Queria levar um parzinho, pra mao-tse e pro lacan...

3 intromissões:

madame disse...

Essas suas aventuras novaiorquinas tão me dando uma saudade...

Ana disse...

"I never wanna be young again..."

NeuralNoise disse...

two tears in a bucket motherfuck it