quarta-feira, 28 de março de 2007

Cantaloupe Lassie

dia estranho. meu socio foi ao medico e nao veio trabalhar. fiquei usando o computador dele, ja que o meu pifou e em algum lugar eh como se eu estivesse usurpando o tal lugar. afe.
Depois fui com chloe para um bar chamado piano, recheado de mulheres lindas mas o que me importa? assinei um termo liberando o uso da minha imagem em comerciais da cassio. Falei pra alguem que eu tive um relogio casio aos 10 anos. Ao menos os drinks eram gratis e a banda era muito boa - alta, rapida energetica. tenho fotos, ainda que nenhum lugar para descarrega-las. Na longa caminhada para casa me dei conta de muitas coisas, comecando por como eu gosto de andar (independente de estar ultra-feliz de meramente poder faze-lo), e passando pelo fato de que sou melancolico por natureza. Quanto mais duramente eu protejo meu coracao mas eu me dou conta que ele eh fragil demais pro meu gosto. Ontem andei pela rua como qualquer pessoa, alheio aos raros sorrisos e me senti na minha infancia, sempre circulando e nunca participando. Quando eu morava no rio, em uma rua fechada, nas poucas vezes que fui pra pracinha comum, fingia que estava pesquisando botanica ou sei la o que, qualquer coisa que me desse um proposito de estar la que nao implicasse em ir falar com as outras criancas. Sempre fui o outsider, algumas vezes por falta de opcao, outras por habito, algumas por timidez (senao todas). meu ouvido ainda faz zuim do show, que segundo o filme ruim que vi recentemente, children of men, um cuaron inferior (ao que, ja que ele nao sai da ladeira abaixo?), o zuim era o som das celulas auditivas morrendo, um verdadeiro canto do cisne e a ultima vez que ouco algum som nessa frequencia. No caminho para casa tocava the cure (novamente o mar verde e profundo) o que nao deixa de ter sua graca, considerando os varios circulos que se abrem, fecham e dao voltas. Chegando em casa liguei para o tequila mas nao tive o privilegio de ouvir uma voz amiga, que as vezes eh o que basta independendo do conteudo. Como eh estranho e familiar estar aqui...
(quem adivinhar o que eh cantaloupe lassie ganha um paragrafo)

14 intromissões:

Ana disse...

Ahh eu quero ganhar um parágrafo...
Mas não sei o que é cataloupe lassie...algo pra se pensar à respeito talvez? Ou seria algo ligado à melancolia??? Acho melhor eu não viajar muito...

Anônimo disse...

cantaloup + lassie=
(ou)
mellon + collie=

melancholy

Anônimo disse...

hummm deveras interessante...

leitora disse...

bem einh, seu anônimo?

leitora disse...

ah se essa pracinha fosse na minha rua...

NeuralNoise disse...

Anonimo(a) parece ter ganho um paragrafo... Ana laura morreu na praia.
agora realmente parece facil... achei que as outras interpretacoes possiveis serviriam de despiste, mas pensando bem so um brasileiro falando ingles britanico sugeriria as outras e incorretas opcoes. silly me, non?

Anônimo disse...

ps
estranho/ familiar = unheimliche

NeuralNoise disse...

heimlich eh a manobra que voce faz quando a pessoa engasga, vc aperta o estomago por tras e ela cospe o engasgo. Unheimliche eh o contrario, quando vc quer engasgar o miseravel ate ficar azul.

ana disse...

:(

Anônimo disse...

cadê meu parágrafo??

NeuralNoise disse...

esta escondido em algum lugar. talvez ja tenha sido postado. talvez nao.

Anônimo disse...

explique-se, ora.
ganhei o jogo, quero minha prenda.
sem robalheiras, senão não brinco mais!

Anônimo disse...

hunpf
continuo esperando.

NeuralNoise disse...

(8) there, there